Roupas de algodão orgânico são tendência sustentável e trazem segurança à saúde dos recém-nascidos

A Bigode de Leite importa da Holanda peças feitas em algodão orgânico certificado, garantindo que os pequenos não sofram com alergias e irritações na pele

Se você é pai ou mãe, certamente já teve alguma dúvida em relação aos cuidados necessários para manter o bebê recém-nascido quentinho, confortável e seguro. Isso porque, nessa fase, o organismo dos pequenos ainda é suscetível à alergias e irritações. Por isso, é extremamente importante lavar todas as roupas antes de vesti-los e não usar produtos químicos na lavagem, como amaciantes e sabão em pó.

Mas, o que muita gente não sabe, é que nessa lista de produtos químicos que devem ser evitados, também estão os agrotóxicos e fertilizantes presentes no tecido das roupas, inclusive as de algodão – que são as mais populares no mercado. A solução é optar por roupas feitas em algodão orgânico, detalhe que garante que nenhum tipo de produto químico foi utilizado em todo o processo de produção da peça, da semente à costura.

É o caso da das roupas da marca holandesa nOeser, que fabrica peças 100% em algodão orgânico, de uma forma saudável para os bebês, mas também sustentável para o meio ambiente e sociedade. A marca é certificada pela Global Organic Textile Standard (GOTS), uma organização mundial que assegura que os tecidos orgânicos que adquirimos são saudáveis e seguros, tanto para as pessoas como para o ambiente, além de proporcionarem um ambiente de trabalho justo para os colaboradores envolvidos no processo.

E essas roupinhas já fazem parte da realidade dos brasileiros. O e-commerce Bigode de Leite, especializado em roupas infantis, tem como conceito a saúde e o conforto dos pequenos e, por isso, traz da Holanda a coleção da nOeser, além de marcas como a Noppies, com roupas básicas e confortáveis.

As peças disponíveis no mix de produtos da marca ainda auxiliam os pais e babás na rotina de troca e banho do bebê, como é o caso da camiseta Little da Noppies, com abertura frontal. “Escolhemos a dedo cada peça justamente para facilitar o dia a dia das mães e pais, que ganham mais tempo para curtir o bebê, sem preocupações com as comuns alergias que as roupas podem causar”, destaca Nádia S. Schroeder, sócia proprietária da Bigode de Leite.

Além de contar com roupas ideais para o momento da troca, outro cuidado que os pais devem ter com os bebês é justamente mantê-los quentinhos, com a sensação de acolhimento, e, para isso, outra sugestão da Bigode de Leite é o saco de dormir Cactus da nOeser. Feito em algodão orgânico e elastano, a peça tem um zíper frontal para ajudar os pais na hora de vestir os pequenos enquanto dormem. O saco ainda ajuda a evitar que o bebê vire de bruços durante o sono, trazendo mais segurança para o sono de quem acaba de chegar.

About Caroline Augusta De Andrade Michel Leite Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *